SISTEMA PRÓ-SOCIAL


O SISTEMA PRÓ-SOCIAL foi desenvolvido como um sistema corporativo, com tecnologia WEB, para reunir e organizar as informações das ações sociais executadas no Estado de São Paulo, fornecendo os meios necessários para a articulação dos diversos programas, sejam eles públicos ou privados, bem como para o monitoramento e avaliação.

No SISTEMA PRÓ-SOCIAL todas as informações relacionadas às ações sociais são integradas através do cadastramento único de programas, projetos e ações sociais, das instituições envolvidas e dos beneficiários (e suas famílias) das diversas ações sociais em execução no Estado.

Ele está estruturado em três módulos de cadastro e três módulos auxiliares, sendo os três primeiros o cadastro único de Instituições, o cadastro único de Programas/Projetos/Ações e o cadastro único de Famílias e Beneficiários.

No módulo de cadastro único de Instituições, as entidades que desenvolvem ações sociais no Estado são cadastradas pela Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social, constituindo um banco de dados com informações padronizadas sobre essas instituições. Integram, também, este cadastro todas as Prefeituras Municipais do Estado de São Paulo.

O módulo de cadastro único de Programas, Projetos e Ações Sociais foi concebido para registrar todas as ações sociais desenvolvidas pelos órgãos estaduais -- diretamente ou através de convênios/parcerias -- e pelas instituições e órgãos municipais (Prefeituras, Entidades Sociais) de forma independente. Os órgãos e entidades registrados no módulo de Instituições podem cadastrar seus programas sociais neste módulo e utilizá-lo como instrumento de gestão.

O módulo de cadastro único de Famílias/Beneficiários tem como base o cadastramento da família em situação de vulnerabilidade social, com possibilidade de um ou mais membros estarem inscritos em programas sociais. A opção pelo cadastramento da família se deve ao fato de que um dos principais objetivos do SISTEMA PRÓ-SOCIAL é fornecer instrumentos para a aferição da melhoria efetiva das condições de vida dessas famílias. Este procedimento é feito diretamente pela instituição executora do programa social (órgão estadual, municipal ou entidade privada).

Entre os módulos auxiliares encontra-se o de recuperação de informações, que disponibiliza instrumentos para acesso aos dados dos demais módulos, gerando informações para análise, monitoramento e avaliação das ações sociais. Atualmente este módulo está dotado de relatórios pré-formatados para consulta de dados, bem como relatórios para exportação no formato XLS (Excel). Encontra-se em desenvolvimento um moderno sistema de recuperação de informações (Data Warehouse), que possibilitará acesso diferenciado e ágil aos dados, via Internet, para gestores e público em geral.

O SISTEMA PRÓ-SOCIAL é, portanto, um portal que canaliza o cadastramento único de todas as informações relacionadas aos programas sociais do Estado de São Paulo, alimentado de forma descentralizada e preservando a autonomia gerencial dos sistemas existentes.

Os gestores das políticas sociais têm no SISTEMA PRÓ-SOCIAL uma importante ferramenta para a condução do processo de combate à exclusão social -- priorizando a focalização e evitando a pulverização das ações -- através das informações que o sistema fornece para análise, avaliação e gestão dos programas, projetos e ações, e do desempenho das instituições.